Browse By

Dieta Japonesa: 10 dicas para perder peso

A dieta japonesa consiste na redução da ingestão de carboidratos e aumento do consumo de proteínas, e a quantidade de calorias e alimentos ingeridos por dia é reduzida. É considerada uma dieta de “fome” e por isso não deve ser seguida por mais de sete dias. Dieta Japonesa: 10 dicas para perder peso

Dicas para quem irá seguir a dieta japonesa

1. Começando a dieta japonesa

Antes de optar pelo método dessa dieta japonesa, que pode ser de grande risco para o seu corpo, é ideal consultar um nutricionista antes, para saber se o seu corpo é suficientemente saudável para poder aderir esse tipo de alimentação. Para emagrecer produtivamente, basta consumir o cardápio da dieta japonesa, e após os sete dias de alimentação super rigorosa, ir até um nutricionista e solicitar um cardápio saudável a base de alimentos pobres em calorias, em não optar mais por esse tipo de alimentação maluca. Essa dieta pode ser feita apenas uma única vez, e para continuar perdendo peso e manter o corpo magro, a pessoa deve manter a alimentação indicada por um nutricionista, de acordo com as necessidades do seu corpo.

2. Alimentos que aceleram seu metabolismo

O consumo de chás e café é liberado. Essas bebidas podem intensificar a redução de medidas e até induzir à eliminação de toxinas. As bebidas proporcionam um melhor funcionamento de seu metabolismo, e com ele sempre ativo, todos os sistemas de seu corpo trabalharão com mais eficiência para conquistar o corpo que deseja.

  1. Beba água

Uma das dicas mais importantes na dieta japonesa é você beber bastante água. Isso irá contribuir para desintoxicar o corpo e controlar a fome. Procure beber cerca de 3 litros de água por dia.dieta-japonesa-10-dicas-para-perder-peso

  1. Dieta barata

A dieta japonesa não é de grande dificuldade. Os alimentos utilizados são de fácil acesso e de custo baixo. Muitas pessoas buscam argumentos para interromper uma dieta, mas no caso da dieta japonesa o alto valor não poderá ser utilizado como desculpa para você desistir de perder peso.

  1. Motivação

É fundamental traçar metas e não medir esforços para conquistar o que deseja. A dieta japonesa pode proporcionar momentos de desânimo e grande ansiedade. Se você quiser realmente seguir esta dieta, deve lembrar dos resultados que está buscando.

  1. Não pule refeições

Enquanto há dietas que indicam alimentação a cada três horas, na dieta japonesa é quase impossível pular refeições, mas é importante ressaltar esse cuidado. Seu corpo já estará deficiente em relação à uma alimentação normal, então não pule refeições, você só terá 3 ao dia.dieta-japonesa-10-dicas-para-perder-peso

  1. Exercícios físicos

A dieta japonesa não poderá ser mantida por um longo tempo, pois a baixa de carboidratos e proteínas resultaria em prejuízos à sua saúde. Lembre-se que carboidratos são fundamentais para quem pratica atividades físicas intensas, então mantenha o corpo em movimento durante a dieta, mas de forma moderada.

  1. Reeducação alimentar

A dieta japonesa proporciona resultados rápidos, e o emagrecimento requer uma reeducação alimentar e um novo estilo de vida que deve ser adotado por você. Várias das dietas exigem uma reeducação alimentar, e podemos citar a dieta da USP como exemplo.dieta-japonesa-10-dicas-para-perder-peso

  1. Cuidado com as reações

O seu corpo poderá reagir negativamente à carência de carboidratos. É importante que você priorize o seu bem estar e analise suas reações. Se a alimentação causar estranhamento em seu organismo, você poderá ter tonturas e fraquezas durante o dia.

10. Resultados

A dieta japonesa emagrece mesmo para aqueles seguem a risca. Não é fácil de realizar, assim como toda dieta. É preciso determinação para fazer e perceber que ela funciona.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *